23.8.06

Supreendido com um velho amigo

Achar o Paulo José Miranda em São Paulo através da net foi uma agradável surpresa. Da minha casa (Estado do Rio de janeiro) até ao centro dessa grande cidade, que é São Paulo, são mais ou menos 300 km. Já não vejo o Paulo à uns 15 anos talvez. Isto porque nossos caminhos naquele tempo tomaram rumos totalmente opostos. O Paulo é escritor e poeta com nome. Fiquei supreendido com a sua bibliografia, prémios e suas viagens pelo o mundo. Fiquei animado para visitá-lo em breve. Temos muita coisa para conversar.Ele é formado em filosofia, pensador e escritor de grande futuro.Pode ser que dê um bom papo. Pode ser que recordemos algumas aventuras de adolescentes em Paio Pires como vizinhos e grandes amigos. Aparentemente estamos em caminhos diferentes( questões da fé), exactamente como à 15 anos atrás. Quem sabe se esses caminhos da reflexão e descoberta se encontram de novo, mesmo que virtualmente.
Paulo José Miranda é poeta, escritor e dramaturgo. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Lisboa. É membro do Pen Club desde 1998. Publicou três livros de poesia, quatro novelas e uma peça de teatro. O seu primeiro livro de poesia venceu o Prémio Teixeira de Pascoaes em 1997 e a sua segunda novela venceu o primeiro Prémio José Saramago em 1999. Recebeu uma bolsa de criação literária do Ministério da Cultura para escrever a sua terceira novela e uma outra da Fundação do Oriente para viver três meses em Macau e escrever a sua quarta novela. O seu último trabalho é America: um texto àcerca da América em 99 pontos (tem mais dois livros a serem publicados).

5 comentários:

sub rosa disse...

Caro Pastor Daniel

Que belo post este: muito comovente o reencontro de dois amigos que não se vêem há tanto tempo!
Fiquei tocada pelas suas palavras.
Mas só uma coisa eu queria dizer, e o faço com muito respeito: Um grande, admirável escritor, filósofo, pensador, poeta -e tudo o mais - não estará por certo 'afastado na fé' de um Amigo sincero.
Porque a grandeza vem da alma e esta é sempre pronta senão a aceitar mas a compreender. E ao compreender irmanam-se!

Um abraço
Meg
P.S E depois se falou ali em cima do Heidegger ;-)))

Daniel M.S. disse...

Cara amiga:
O Paulo e eu temos muitas histórias. O Paulo em uma determinada época ficava na minha casa direto. Ele às 6.30 ou mais cedo, depois que a mãe ía para a padaria, subia as escadas para brincar comigo.Vivemos uma amizade cheia de grandes aventuras e imaginação. E só podia dar no que deu :um é filósofo e outro pastor.

Corações de pedra são os preferidos de Deus.Não podemos escapar...

Um abraço forte

Magaly disse...

Pastor Daniel

Quero aplaudir também este feliz encontro tão oportuno.
Sou amiga do Paulo como da Meg Acabamos de trabalhar juntos num evento on-line e nos saímos bem.
Foi ele que me passou seu endereço de blog.
Estou aqui, portanto, para me apresentar e encetarmos conhecimento através de troca de idéias.
Acabo de ler seu post mais recente. Já ia comentá-lo quando dei com este do reencontro.
Estou feliz por vocês.
Abraços
Magaly

Daniel M.S. disse...

Seja bem vinda Magaly.Será um prazer podermos conversar.

Um abraço

Anônimo disse...

OLA ESTOU CONTENTE DE TE VER,FOI O ZE JOAO DE PAIO PIRES QUE ME DEU O TEU BLOG.O MEU NOME JOAQUIM FALCÁO.UM ABRAÇO,joaquimfalcao@iol.pt

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...