12.4.05

Cheguei

Chegar a casa, rever a minha Renatchinha, abraçar a minha filhota, ainda na barriga de sua mãe é uma experiência maravilhosa. Sentir o quanto o meu cachorro gosta de mim... Bem, talvez poucos percebam do que estou falando. No entanto, deixar aqueles que nós amamos também nos deixa em um outro estado o da perda, perda temporária, mas perda. Agradeço a todos que me receberam e me deram palavras de incentivo. São estes que fazem a diferença.

Um comentário:

Tiagão disse...

É bom saber que chegaste bem.
Já tenho saudades tuas, abraço forte e beijoka na barriguda!
Estão no coração e nas orações.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...